17 de setembro de 2021 - SOCIEDADE DE CARDIOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO
COMPARTILHE:                          COMPARTILHE:


Em 2002, foi realizado o Curso ACLS (Advanced Cardiac Life Support), na capital e em Campinas, pelo Centro de Treinamento em Emergência SOCESP/Pró-Life, estrutura criada no mesmo período. O Centro rapidamente se tornaria essencial na realização de práticas de capacitação de emergências cardíacas, atendendo profissionais da saúde e leigos.

As pessoas comuns estavam, e cada vez mais, interessadas em saúde e problemas relacionados ao coração. Nesse compasso, a SOCESP criou dois programas educacionais para leigos: o Suporte Básico de Vida (BLS – Basic Life Support) e o Heart Save. Pouco depois, a cidade de São Paulo adotaria uma ferramenta pedagógica conhecida em países como os Estados Unidos, mas ainda inédita por aqui: o treinamento de ressuscitação em massa. O curso ensina a qualquer pessoa, mesmo que inexperiente na área da saúde, a realizar a ressuscitação cardíaca por meio de massagem e – à época – a técnica de respiração boca a boca. A primeira edição do treinamento foi feita em parceria com o Hospital Sírio-Libanês, nas dependências do Colégio São Luís, na região da avenida Paulista, na capital do Estado. O exemplo se espalharia pelas Regionais. Em 2002, aconteceria o I Curso de Treinamento em Ressuscitação Cardíaca para leigos, com 200 participantes, na cidade de Ribeirão Preto.


BUSCA NO SITE

Acesso restrito

Siga-nos

Últimas notícias