19 de outubro de 2020 - SOCIEDADE DE CARDIOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO
COMPARTILHE:                          COMPARTILHE:

Insuficiência cardíaca é comumente conhecido como a doença do coração fraco. O Brasil tem 3 milhões de pacientes com insuficiência cardíaca, que é uma doença que cursa com limitações como falta de ar, inchaço, dificuldade para realizar tarefas. É a terceira causa de internação em pessoas com mais de 60 anos.

Porém há dados desta doença que são pouco conhecidos: ela reduz a expectativa de vida. Após o diagnóstico, cerca de 50% dos pacientes podem morrer em até 5 anos e os que tem sintomas mais graves, 50% podem morrer após um ano. Mas a boa notícia é que quando se institui o tratamento adequado, pode haver reversão deste quadro. 

Nos últimos anos várias opções terapêuticas foram desenvolvidas, como drogas, vacinação para gripe, dispositivos e transplante e os esforços têm tido resultados satisfatórios. Um grande desafio é promover o acesso a todos os pacientes com insuficiência cardíaca e nisso temos que preciso avançar muito.

Outro aspecto importante é a prevenção da insuficiência cardíaca, com controle da hipertensão, do diabetes, do colesterol alto, evitando infarto e obstrução das coronárias que é a causa principal. 

No dia 9 de julho acontece o dia de alerta para a insuficiência cardíaca e toda a sociedade civil deve se engajar nesta luta.


Texto: Dr. Mucio Tavares de Oliveira Junior

Coordenador do Projeto Insuficiência Cardíaca 

SOCESP - Biênio 2020-2021



Veja também a nova Edição da Revista SOCESP com o tema: "Insuficiência Cardíaca".

Clique!


BUSCA NO SITE

Acesso restrito

Siga-nos

Últimas notícias