16 de julho de 2019 - SOCIEDADE DE CARDIOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO
COMPARTILHE:                          COMPARTILHE:

Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp)lembra que o tabagismo é uma das principais causas de doenças cardiovascularese o maior fator de mortes evitáveis em todo o mundo. "Por isso, neste DiaMundial Sem Tabaco, 31 de maio, é importante alertar a população e difundir aimportância de se abandonar o vício de fumar", salienta o presidente daentidade, o médico José Francisco Kerr Saraiva.

O Dia Mundial sem Tabaco foi instituído pela OrganizaçãoMundial da Saúde, em 1987. No Brasil, as atividades de conscientização sobre osperigos do tabaco são coordenadas pelo Instituto Nacional de Câncer JoséAlencar Gomes da Silva (INCA), órgão ligado ao Ministério da Saúde.

Dr. José Francisco Kerr Saraiva enfatiza que, além dascomplicações cardiovasculares e respiratórias, o tabagismo afeta a economianacional: estudo do Ministério da Saúde revela que o Brasil tem prejuízo anualde R$ 56,9 bilhões devido ao consumo de cigarros e outros derivados do tabaco.São R$ 39,4 bilhões relativos a custos médicos diretos e R$ 17,5 bilhões,indiretos, como a perda de produtividade, provocada pela morte prematura ouincapacitação de trabalhadores.

Intitulada "O Tabagismo no Brasil: morte, doença epolítica de preços e impostos", a pesquisa revelou as doenças relacionadasao tabaco que mais causaram despesas em 2015, nos sistemas de saúde público eprivado: doenças cardíacas; doença pulmonar obstrutiva crônica; cânceresdiversos; e pneumonia.

Além disso, muitos não fumantes são afetados pelo tabagismopassivo, ou seja, aspiram com frequência a fumaça do cigarro de viciados. Em2015, o tabagismo provocou 156.216 mortes no Brasil e cerca de 12% dos óbitosde indivíduos com mais de 35 anos.

 

Por que o cigarro provoca doenças cardiovasculares

O presidente da Socesp explica que o tabaco agride oendotélio, que é a parede de células que recobre os vasos sanguíneos. Eleinterfere com a produção do óxido nítrico, tornando as artérias maissuscetíveis a formação de placas ateroscleróticas. O cigarro também afeta omecanismo de contração e relaxamento das artérias, dificultando a circulaçãosanguínea. Além disso, acelera a oxidação do colesterol e contribui para aformação da placa de aterosclerose, uma das grandes causas do infarto.

Dr. José Francisco alerta, ainda, para o risco da associaçãodo tabaco com a pílula anticoncepcional. Isso aumenta o risco de acidentecerebral vascular, o derrame, nas mulheres.

 

Sobre a SOCESP

A Socesp - Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo éuma entidade sem fins lucrativos, fundada em 1976. Regional da SociedadeBrasileira de Cardiologia e Departamento de Cardiologia da Associação Paulistade Medicina, conta com cerca de 8 mil sócios. Os principais objetivos da Socespsão contribuir para a atualização dos cardiologistas do estado e difundir oconhecimento científico gerado pela própria Socesp aos profissionais da saúdeque atuam na Cardiologia e para a população.

 

Atendimento à Imprensa

Ricardo Viveiros & Associados – Oficina de Comunicação

Lívia Velasco – livia.velasco@viveiros.com.br  

RaphaelPozzi - raphael.pozzi@viveiros.com.br

Telefone: (11) 3675-5444

Site: www.viveiros.com.br

Editoria: www.biografiaempresarial.com.br

Twitter: www.twitter.com/RVComunicacao

Facebook: facebook.com/RicardoViveirosComunicacao 

BUSCA NO SITE

Acesso restrito

Siga-nos

Últimas notícias