27 de julho de 2021 - SOCIEDADE DE CARDIOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO
COMPARTILHE:                          COMPARTILHE:




Realmente não é tão difícil de se encaixar no fitness. Você pode se levantar e se mover a qualquer momento, em qualquer lugar, para ser mais ativo fisicamente e se manter saudável. E cada minuto conta em direção à meta de pelo menos 150 minutos por semana de exercício. Toda vez que você se levanta e faz alguma coisa, está dando um passo na direção certa.



SEDENTARISMOE POSSÍVEIS IMPLICAÇÕES PARA O COVID-19

A  pandemia do  novo  coronavírus e a estratégia de contenção dadisseminação do vírus por meio da redução da circulação de pessoas econfinamento domiciliar com o fechamento dos diversos espaços destinados àprática da atividade física como parques, clubes e academias, promoveu efeitossecundários sobre a saúde com implicações negativas sobre os níveis deatividade física. Embora muitas pessoas tenham se mantido fisicamente ativas emcasa com uso de aplicativos de exercício ou por telemedicina, diversosprogramas foram interrompidos e/ou reduzidos, fatalmente induzindo as pessoas aterem um estilo de vida mais sedentário. (SAIBA MAIS)





100 anos de insulina


Há 100 anos um grande marco revolucionou a história da medicina, a descoberta da insulina! Os cientistas Frederick Banting e Charles Best, baseados em uma insulina de origem animal, encontram a solução para o tratamento do Diabetes, que até então era vista como sentença de morte, e mudam o rumo da ciência. (SAIBA MAIS)


01 de setembro - Dia do Profissional de Educação Física!

Profissão contemporânea, séria e capaz de mudar vidas.

LEIA MAIS ..







 Você está cuidando da sua Saúde?

No dia 05 do mês de agosto comemoramos o dia Nacional da Saúde! Aproveitamos a data para conscientizar sobre a prevenção de doenças e sobre a qualidade de vida. Saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas a mera ausência de doença, segundo a Organização Mundial de Saúde. LEIA MAIS ...



A atividade física está entre os mais importantes fatores de melhora na

qualidade de vida da população e redução do risco de adoecimento. Pessoas

inativas possuem maior risco de adquirirem doenças crônicas, como doenças

cardiovasculares, cânceres, estresse e depressão. LEIA MAIS...