MIOCARDIOPATIA PERIPARTO

PERIPARTUM MYOCARDIOPATHY
Fabiana Marques, Flávio Henrique Valicelli, Marcus V. Simões

A miocardiopatia periparto é uma forma de insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida (ICFER) que se manifesta no final da gravidez ou nos meses seguintes ao parto. A incidência é maior entre mulheres negras, multíparas, em idade materna mais avançada e ou na presença de síndrome hipertensiva da gravidez. Os sintomas de insuficiência cardíaca simulam os de uma gestação saudável, muitas vezes resultando em diagnóstico tardio. O achado de fração de ejeção inferior a 45% na ecocardiografia é fundamental para o diagnóstico. O tratamento é o mesmo utilizado na ICFER por outras etiologias, mas com necessidade de alguns ajustes durante a gravidez e lactação para garantir a segurança fetal e do lactante. Avanços mais recentes no conhecimento fisiopatológico apontam para desbalanço angiogênico causado pelo aumento de produção de prolactina na hipófise e pela produção de forma soluvel de sFlt-1 pela placenta no final da gestação em mulheres com suscetibilidade genética. Tratamento com inibidores da prolactina tornaram-se uma opção no tratamento farmacológico desta doença, mas ainda necessitam de evidências científicas mais robustas para consolidação de seu uso como tratamento de rotina.

VOLUME 33 - Nº 4

Outubro/Dezembro 2023

ISSN 0103-8559 - Versão impressa
ISSN 2595-4644 - Versão online