19 de junho de 2019 - SOCIEDADE DE CARDIOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO
COMPARTILHE:                          COMPARTILHE:

Os campeonatos estaduais estão em sua reta final em todo oBrasil. Em São Paulo, dois dos times mais tradicionais disputam o título doPaulistão: Corinthians e São Paulo começam a decisão neste domingo, 14 deabril, no Estádio do Morumbi. E as fortes emoções de uma partida de futeboldeste nível podem causar problemas ao coração de quem assiste.

 

Somente este ano, dois torcedores foram vítimas fatais deinfarto em jogos grandes e decisivos: o primeiro foi em um duelo do próprioCorinthians, contra o Oeste, em sua Arena, dia 17 de março. O rapaz tinha 23anos e faleceu enquanto assistia à equipe vencer por 1 a 0. Com 58 anos deidade, o segundo caso foi de um torcedor do Botafogo, que teve uma paradacardiorrespiratória no Estádio Nilton Santos, durante empate entre seu time e oJuventude, pela Copa do Brasil.

 

De acordo com o presidente da Sociedade de Cardiologia doEstado de São Paulo, Dr. José Francisco Kerr Saraiva, o corpo aumenta asdemandas do coração durante uma partida do futebol. "Em um estresse agudoem indivíduos com doença de base ou pré-existente, pode ocorrer um casofulminante. Isso não é raro em torneios de futebol", afirma.

 

O especialista diz que a doença cardíaca, normalmente, é umamistura entre o histórico familiar e o ambiente ao qual a pessoa está inserida."Estresse, má alimentação, excesso de peso e consumo de cigarros. Tudoisso gera maior possibilidade de problemas agudos no coração".

 

Estresse e pressão já afetaram, também, vários treinadores.O caso mais recente foi de Abel Braga, que teve uma arritmia depois que seutime, o Flamengo, fez um gol, nos minutos finais, contra o Fluminense, passandoà frente do placar e ganhando vaga na última etapa do torneio carioca. Cuca,atualmente no São Paulo, submeteu-se a um procedimento cirúrgico para corrigirproblema cardíaco no fim do ano passado, assim como Muricy Ramalho,ex-treinador e atualmente comentarista, há quatro anos.

 

Sobre a SOCESP

A Socesp - Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo éuma entidade sem fins lucrativos, fundada em 1976. Regional da SociedadeBrasileira de Cardiologia e Departamento de Cardiologia da Associação Paulistade Medicina, conta com cerca de 8 mil sócios. Os principais objetivos da Socespsão contribuir para a atualização dos cardiologistas do estado e difundir oconhecimento científico gerado pela própria Socesp aos profissionais da saúdeque atuam na Cardiologia e para a população.

 

Atendimento àImprensa

Ricardo Viveiros & Associados – Oficina de Comunicação

Lívia Velasco – livia.velasco@viveiros.com.br  

RaphaelPozzi - raphael.pozzi@viveiros.com.br

Telefone: (11) 3675-5444

 

Site: www.viveiros.com.br

Editoria: www.biografiaempresarial.com.br

Twitter: www.twitter.com/RVComunicacao

Facebook: facebook.com/RicardoViveirosComunicacao

BUSCA NO SITE

Acesso restrito

Siga-nos

Últimas notícias