20 de maio de 2019 - SOCIEDADE DE CARDIOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO
COMPARTILHE:                          COMPARTILHE:

No próximo fim de semana, serão conhecidos diversos campeõesestaduais pelo Brasil. E, de acordo com o presidente da Socesp (Sociedade deCardiologia do Estado de São Paulo), Dr. José Francisco Kerr Saraiva, é precisomanter a calma: afinal, ganhando ou perdendo dentro de campo, preservar a saúdefora dele é essencial para assistir a novas decisões.

 

As fortes emoções de uma partida de futebol decisiva podemcausar problemas ao coração de quem assiste. Segundo Dr. Saraiva, o corpo exigemais desse órgão durante uma final de campeonato. "O maior problema équando isso ocorre com indivíduos com doença de base ou pré-existente. Nessescasos, podem ocorrer infartos fulminantes".

 

Este ano, dois torcedores morreram em estádios de futebol,vítimas de paradas cardíacas: o primeiro foi em um duelo do Corinthians contrao Oeste. O rapaz tinha 23 anos e faleceu enquanto assistia ao Timão vencer por1 a 0. Com 58 anos de idade, o segundo caso foi de um torcedor do Botafogo, queteve parada cardiorrespiratória no Estádio Nilton Santos, durante empate entreseu time e o Juventude, pela Copa do Brasil.

 

Também houve casos de treinadores que sofreram com problemascardíacos. O mais recente foi de Abel Braga, que teve uma arritmia depois queseu time, o Flamengo, fez um gol, nos minutos finais, contra o Fluminense,passando à frente do placar e ganhando vaga na última etapa do torneio carioca.Cuca, atualmente no São Paulo, submeteu-se a um procedimento cirúrgico paracorrigir problema cardíaco no fim do ano passado, assim como Muricy Ramalho,ex-treinador e atualmente comentarista, há quatro anos.

 

Dr. Saraiva diz que a doença cardíaca, normalmente, é umamistura entre o histórico familiar, os hábitos cotidianos e alimentares e oambiente no qual a pessoa está inserida. "Estresse, má alimentação,excesso de peso e consumo de cigarros, por exemplo, geram riscos de problemasno coração". Por isso, campeão ou vice, é essencial manter a calma e terem mente que, com o coração saudável, é possível ver seu time decidir maiscampeonatos daqui para frente.

 

 

Sobre a SOCESP

 

A Socesp - Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo éuma entidade sem fins lucrativos, fundada em 1976. Regional da SociedadeBrasileira de Cardiologia e Departamento de Cardiologia da Associação Paulistade Medicina, conta com cerca de 8 mil sócios. Os principais objetivos da Socespsão contribuir para a atualização dos cardiologistas do estado e difundir oconhecimento científico gerado pela própria Socesp aos profissionais da saúdeque atuam na Cardiologia e para a população.

 

 

Atendimento à Imprensa

Ricardo Viveiros & Associados – Oficina de Comunicação

Lívia Velasco – livia.velasco@viveiros.com.br

RaphaelPozzi - raphael.pozzi@viveiros.com.br

Telefone: (11) 3675-5444

 

Site: www.viveiros.com.br

Editoria: www.biografiaempresarial.com.br

Twitter: www.twitter.com/RVComunicacao

Facebook: facebook.com/RicardoViveirosComunicacao

BUSCA NO SITE

Acesso restrito

Siga-nos

Últimas notícias