23 de outubro de 2018 - SOCIEDADE DE CARDIOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO
COMPARTILHE:                          COMPARTILHE:
27 de agosto - Dia do Psicólogo

Diretoria

Diretora executiva - Jennifer de França Oliveira Nogueira 
Diretora científica - Karla Fabiana Begosso Sampaio da Fonseca Carbonari 
Diretor científico - Rafael Trevizoli Neves 
Diretora científica - Ana Paula Chacon Ferreira 
Secretária - Adriana Araújo de Medeiros 
 
Psicologia em Cardiologia

A relação mente e coração existe desde a antiguidade, quando estados emocionais foram vinculados a manifestações do sistema cardiovascular. "A evolução desse conhecimento aumentou porque as doenças cardiovasculares passaram a ser as principais causas de morte no mundo", afirma a professora Bellkiss Romano, fundadora do Departamento de Psicologia da SOCESP.

A ligação Psicologia e Cardiologia se estreita ainda mais quando se refere a fatores de risco, em sua maioria, comportamentais, para a instalação da doença aterosclerótica e estados psíquicos complicadores da evolução do mal cardíaco, em sua maioria relacionados a comportamentos vinculados à aderência ao tratamento, modificação de hábito e qualidade de vida. Fatores relacionados, principalmente, a características de personalidade, ambientais, ou culturais.

As questões também se referem aos problemas psicológicos iatrogênicos decorrentes do uso de medicamentos e do avanço tecnológico. Pode-se afirmar que, para algumas cardiopatias, o aspecto psicológico não está relacionado à instalação do mal e, para outras, o psicológico é fator de risco para o surgimento do mal, como arritmia, coronariopatia e hipertensão.

Mas, a partir do diagnóstico, qualquer que seja a ação terapêutica, clínica, ou cirúrgica, os quadros psicológicos serão concomitantes a cardiopatia, com repercussões na evolução da doença, na reabilitação biopsicossocial do paciente, reflexos nas relações familiares e até no ambiente social.

No caso de um paciente adulto submetido a transplante cardíaco, observa-se, por exemplo, instabilidade familiar, devido à redistribuição de papéis, questões de ordem financeira, desgaste de relações, sobretudo devido a hospitalizações frequentes e prolongadas, definição de quem cuida, e problemas sociais - capacidade física, cognitiva, emocional para retomar a vida produtiva e fantasias sobre assumir a personalidade do doador.

Em geral, entre os estudiosos, é indiscutível a vinculação com a Psicologia. Há variações com referência ao que será priorizado nesta relação. "Os cardiologistas brasileiros, acompanhando de perto essas tendências, reconhecem a importância de agregar esses aspectos psicológicos na clínica diária e em projetos de pesquisa", completa a Dra. Bellkiss Romano.

Histórico

O Departamento de Psicologia é um dos mais antigos da SOCESP. A relação entre psicólogos e a Sociedade começou em 1985, quando o Serviço de Psicologia do Instituto do Coração, de São Paulo, organizou o I Simpósio de Psicologia Aplicada à Cardiologia, paralelo ao Congresso da SOCESP.

Em 1987, o Departamento foi formalmente fundado pela professora doutora Bellkiss Romano. Promove, desde 1985, seu simpósio anual, paralelo ao Congresso da SOCESP, que vem apresentando, nos últimos anos, aumento da participação de psicólogos que trabalham em outras especialidades. Isso se deve à organização, à seleção e à abordagem de temas importantes para a prática diária da assistência hospitalar, de modo geral.

Os livros Psicologia Aplicada à Cardiologia, organizado pela dra. Bellkiss Romano e Fundamentos da Psicologia Aplicada à Cardiologia, organizado pelas psicólogas Maria de Fátima Oliveira e Silvia Cury, em 1995, da Editora Papirus, foram publicados pelo Departamento de Psicologia da SOCESP.

Objetivos

- Contribuir para a reciclagem dos profissionais das mais diversas organizações de saúde que trabalham voltados à Cardiologia.

- Promover, anualmente, o Simpósio de Psicologia em Cardiologia e o Curso de Aperfeiçoamento de Psicologia Aplicada à Cardiologia.

- Analisar e revisar artigos científicos, publicados no Suplemento da Revista da SOCESP.

            



Próximos eventos:


Eventos passados:

BUSCA NO SITE

Acesso restrito

Siga-nos

Últimas notícias